quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Ciborro Vs Moção

Os seguidores habituais do nosso blog, reconhecem-nos o espirito de revolta e a irreverência, sobretudo quando achamos que estão em causa "assuntos" que afectam a comunidade em que "nascemos", "crescemos " e "vivemos". Ainda para mais quando esses assuntos tem como principal objectivo atirar-nos deliberadamente poeira para os olhos.
Desta vez, chamamos á baila a Moção - Montemor-o-Novo e o Orçamento de Estado 2011, (carreguem no titulo para lerem a Moção na íntegra) . Ora esta Moção, não é mais do que um passar de responsabilidade para o Governo , por tudo o que o executivo da Câmara Municipal NÃO fez em 30 anos e não tem intençõe de fazer nos próximos 3 anos que tem pela frente!

As Produções Ficticias Ciborrenses não defendem de forma alguma o Orçamento de Estado em discussão, e até reconhecemos que prejudica praticularmente a Câmara Municipal do nosso Concelho e até a comunidade ciborrense que tanto defendemos.
No entanto, não creconhecemos moral, nem legitimidade ao executivo da Câmara Municipal para avançar com as propostas efectuadas na Moção ao Governo, quando no seu próprio Municipio não consegue garantir, após 30 anos de governação, condições de vida próprias da época e do País desenvolvido em que vivemos, e em pé de igualdade para todos os habitantes do Concelho.
Assim, e sabendo reconhecer a nossa insignificância e até um total desconhecimento e desinteresse pelo "Orçamento da Câmara", deliberamos através do nosso espírito rebelde propor á Câmara Municipal de Montemor-o-Novo o seguinte:
1. Regule as opções orçamentais anunciadas de forma a atribuir ajudas a quem têm realmente baixos rendimentos, mas de uma forma justa, fundamentada e NÃO a quem tem melhores "conhecimentos" e ligações previlegiadas junto do executivo, coloque-se finalmente em prática o publicitado cartão social de descontos;
2. Cumpra a "Lei" moral da igualdade de direitos entre Freguesias de um mesmo Concelho;
3. Se esforce, realmente, ao fim de 30 anos, pela criação de um sistema de incentivos à criação de emprego, investimento e instalação de empresas no Concelho, para que o governo tenha condições de financiar o mesmo;
4. Elabore um Plano para salvaguardar a qualidade e quantidade da água para consumo humano a usar no sistema público de abastecimento de água na Aldeia do Ciborro, resolvendo o constante problema das rupturas nas condutas em certas alturas do ano;
5. Elabore o projecto para a pavimentação e criação de passeios pedestres em todas as ruas da bonita Aldeia do Ciborro;
6. Repare, finalmente, aquilo a que se chamava Estrada Municipal 507 (Ciborro/Lavre);
7. Incentive e apoie de forma inequívoca e visivel a construção do novo Lar de Idosos no Ciborro, não desprezando outras valências para idosos na mesma aldeia que tem sido claramente beneficiadas até aqui; vai-se lá saber porquê...
8. Apoie a criação de um programa de apoio ao jovens de forma fiçá-los nas Freguesias, nomeadamente na que defendemos o Ciborro;
9. Reabra ou construa uma nova ETAR no Ciborro, de forma a garantir condições minímas de saúde pública á população.
Muito mais haveria por dizer, propor ou exigir, mas quando estas simples e básicas propostas tiverem satisfeitas será o suficiente para que, o nosso espírito crítico e irreverente adormeça, e possamos então apoiar a Moção - Montemor-o-Novo e o Orçamento de Estado 2011!
Por agora ficamo-nos por aqui, já que estamos em época de grave crise financeira e não devemos exigir "Mundos e Fundos" a um executivo que sempre nos tem habituado a uma generosidade impar para com a NOSSA querida Aldeia do Ciborro. ironic mode...

8 comentários:

Cláudia disse...

Sempre que falo orgulhosamente da juventude do Ciborro, divulgo o blog das PFC, e comparo-os aos actuais grandes humoristas do nosso País (gatos e outros que tais), simplesmente porque me encanta a vossa originalidade, imaginação e sentido de oportunidade. Mas, hoje ao ler esta vossa deliberação, não me ocorreu qualquer pensamento nem sentimento sobre a vossa "veia" humorística,e sabem porquê? Porque tenho a certeza que entre vós estão os futuros dirigentes dos órgãos autáquicos do Município de Montemor e da Freguesia do Ciborro! Parabéns por a brilhante deliberação! E já sabem, o meu voto é vosso!

CAU disse...

eu acho que sim....

Catarina Pinto Xavier disse...

Como diria o povo: "Diz o roto para o nu". Sempre me ensinaram que para poder exigir algo, tinha que mostrar trabalho feito, mostrar-me merecedora dessa exigência. É como o respeito, ganha-se se o demonstrarmos. Ou como mandar: sabe mandar quem sabe fazer.
Ironias da política? Ou manobras de diversão? Do faz de conta que se faz muito ou que quando não se faz é porque alguém não deixa, e vai-se a ver é o que nós sabemos!
Não poderia concordar mais convosco! Obrigado por serem autênticos!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Produções Ficticias Ciborrenses disse...

O nivel de pensamento e a beleza intelectual do comentário anterior era de tal modo grandioso, que para as Produções Ficticias não serem enxovalhadas decidi retirar o mesmo do blog...

Caso o individuo, dotado de tais poderes, volte a postar o dito comentário, aí sim será publicado e poderá então concorrer ao prémio Nobel!

Para já, procura um especialista clinico porque pode ser que sejas novo e tenhas hipóteses de te curar.

Buxinha e Pêpê

Anónimo disse...

É pena que só consigam ver para o lado do Ciborro e não façam propostas globais ao nível do concelho.
Assim, não vão lá!

Produções Ficticias Ciborrenses disse...

Exactamente, somos muito, mas muito parciais de tal forma que até o nome do blog indica o que defendemos...estamos atentos ao nosso concelho, mas actuamos e denunciamos situações da nossa freguesia!

PFC disse...

Os pontos 1, 2 e 3 sao propostas globais a nivel do concelho de Montemor!