sábado, 28 de fevereiro de 2009

História da Aldeia

No Livro da Drª Anastácia, surge na página 23 uma pergunta á qual vamos finalmente responder, ora tomem atenção:

“Quando qualquer evento deste género (teatros e encenações) acontecia no Ciborro, não passava despercebido que gente de fora, uns disfarçados de caixeiros viajantes, e outros como simples passantes, nos vinham visitar. COM QUE INTENÇÃO?”
Alguém ainda sabe a resposta?

1 comentário:

CAJARANA disse...

BATEM LEVE, LEVEMENTE,
COMO QUEM CHAMA POR MIM.
O JOEL DA COURELA, NÃO É
CERTAMENTE E AS BRASILEIRAS,
NÃO BATEM ASSIM!!