segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A História da Aldeia

Mais uma novidade, um miminho para os nossos leitores, vamos publicar periodicamente excertos do livro "Ciborro, uma aldeia diferente no Alentejo" da Drª Anastácia Salgado. Aqui fica o primeiro...
.
"As aldeias ou pequenas vilas que ficavam á volta da região geográfica onde mais tarde veio a nascer o Ciborro, como por exemplo Coruche , Arraiolos, Sabugueiro, São Pedro da Gafanhoiera, São Geraldo, Benalfange e Montemor-o-Novo, já com tradição, teriam tido relações de vizinhança como casamentos, participação em festas populares, troca de produtos, trabalhos agrícolas conjuntos, entre outras, como era costume da época.
Portanto, é bem visivel que estamos na presença de uma variada aculturação de costumes entre estrangeiros e autóctones."
.
Agora, o engraçado da coisa era se sublinhassem as palavras dificies e deixassem nos comentários a vossa sigela opinião sobre este assunto.

3 comentários:

bethoven disse...

Os estrangeiros a casarem com as moçoilas cá do burgo??? Marotos...

nokas disse...

bem, o que se passa com este blog?onde andam as pessoas, os comentários?:s!bem beto, em relação aos casamentos só te tenho a dizer que se os do ciborro nao tem capacidade para conquistar as moçoilas da terra que venham os estrangueiro(tendo em conta que todos os das aldeolas vizinhas ja sao chamados de emigrantes)
em relação ao desafio, a minha santa ignorancia nao deu para perceber à primeira o significado da palavra autóctones e para akeles que nao sabem o seu significado:"aborígene;indígena;
nascido na própria terra em que vive;nativo."

CAJARANA disse...

É MUITO!!!...