terça-feira, 1 de janeiro de 2008

2008

Feliz 2008 para a população Ciborrense!!!

  1. Que continuem a existir cortes de água;
  2. Que a electricidade tenha falhas;
  3. Que o Manel Martinho continue á do Joel;
  4. Que os jantares sejam cada vez mais;
  5. Que as ruas continuem esburacadas;
  6. Que haja Carnaval, que nós fazemos Teatro;
  7. Que cada um de vós se case com a própria irmã;
  8. Que a loucura continue a sair da cabeça de cada um de vós;
  9. Que não cortem a net ao Buchinha;
  10. Que não morremos todos esturracadinhos aqui na casa do Faria;
  11. Que o Pepe, o Léu, o Canja, O Chiba, O Bita, O Sarrafo; O Buchinha e os k kiserem estejam convosco!!!!
  12. São 12 como as passa ( disse o Sarrafo eheheh)

Continuamos por cá.......

15 comentários:

Anónimo disse...

Que 2008 seja o ano da viragem!

O direito à livre expressão é um direito inquestionável, que comporta a possibilidade de disparatarmos, de nos enganarmos, de cuspirmos para o ar, de não vermos o que não queremos. E também o de sermos lúcidos, o de irmos contra a corrente, o de dizermos não com fundamento, o de opinarmos seriamente. Este e outros espaços de comunicação são prova disso tudo, mas muito beneficiaríamos todos se nos despíssemos de preconceitos ideológico-partidários e nos centrássemos na razoabilidade do interesse público.

Falta-nos a nós, cidadãos comuns, informação e por vezes formação. O pior é que ciclicamente, elegemos quem não sabe mais do que nós e esperamos que façam milagres... Quando não fazem, criticamos, somos ácidos, rebuscamos defeitos e... raramente vamos ao fundo da questão.

O maior problema da nossa querido concelho de Montemor-o-novo é que os poderes políticos não têm e nunca tiveram uma visão global nem uma estratégia sustentável de desenvolvimento, um rumo, um projecto de afirmação. A luta político-partidária determina que se faça governação à boleia das oportunidades do momento e o que calha quando é preciso combater as acusações de inércia, "obras" jamais coincidentes com as promessas providenciadas pela imaginação quando era preciso ganhar votos e quando faltam meios e competências. Esta é a verdade nua e crua! A responsabilidade é de todos nós que elegemos e somos eleitos, além de alimentarmos um sistema político-partidário viciado por toda a espécie de interesses que não são os das populações.

Que 2008 seja o ano da viragem nesta lógica que nos afunda!

Anónimo disse...

Caro anónimo,

Falar é fácil, escrever (sem erros como o fez) é um pouco menos fácil...Mas avançar, mesmo sem formação, para defender os interesses de uma povoação, tendo apenas como "armas" a convicção de lutar por uma sociedade mais justa... Parece ser uma tarefa difícil.
O futuro está aí, à sua porta. Os partidos, os movimentos, estão lá nas suas (deles) "baicucas", quase desesperadamente à espera de pessoas que entrem pelas suas portas, e, desprendidamente (dos outros há lá demais), lutem pela justiça social ... Experimente, depois teça comentários com um pouco menos de palavras, mas com a emoção do dever cumprido.

bethoven disse...

Que bom, este ainda vai ser um blog de referência a nivel da politica nacional!!!

Mas não é só esse o objectivo das P.F.C, pretendemos o poder e vamos lutar por ele, sim queremos conquistar Valença aos espanhóis e roubar Paris ao franceses!!!

Agora, e mais uma vez....
Este é um blog de ficção, sem qualquer identificação politica, de brincadeiras, de ironias, de erros e "ques" com k, portanto vir para aqui no anonimato com conversas intediantes e ainda por cima em bom português está um bocado fora do contexto...

Mas está bonita está discussão sim senhora continuem...que a malta está a preparar um post novinho!!!

Sarrafo disse...

Epah.....estes post sao grandes demais para um alentejano ler de seguida.

TEnho que ir beber uma cerveja para vir acabar de ler o resto.....ufa

Anónimo disse...

Crise, qual crise?
Olá,

Feitas as contas, este ano poderá descansar 144 dias (contando com férias, fins-de-semana, feriados e pontes) e trabalhar apenas 222. Não está mal. E para início de ano, nada melhor do que começar a planear as suas viagens e saídas.

Anónimo disse...

Crise...nop...o barril (não o de cerveja) já bateu record. A luz, a água (vantagem nos cortes, gasta-se menos), o pão, o combustível e mais uns quantos bens de primeira necessidade vão subir, mas não ultrapassaram os aumentos do Victor Constâncio (afinal no nosso Banco de Portugal até se ganha mais que no americano, por isso só vejo motivos de contentamento...Crise é mesmo palavra de lamechas de portugueses que não ver o lado bom da coisa...

Anónimo disse...

Quando é que escrevem qualquer coisinha no ano de 2008, para podermos comentar pensamentos deste ano?????

Anónimo disse...

Conversas e mais conversas,para quê perder tempo, divirtam-se e deixem os problemas para os adultos resolverem. Vem aí o carnaval não se aborreçam e preparem um teatro engraçado para o pessoal rir e esquecer as tristezas.

Anónimo disse...

Boa, Boa! Também quero ir ao espectacular teatro da pfc. Espero que possam substituir o gato fedorente, pois são bem melhores!

Anónimo disse...

Tenho de ir dormir porque amanhã é dia de trabalho. A propósito! Quem teria inventado o trabalho?

P.F.C disse...

Olha, olha estamos a ganhar admiradores...e ainda por cima anónimos...só não digo que é o Buchinha por que esse sou eu!

Épá mas gostamos de ser reconhecidos e nunca esperem daqui nada de construtivo....são sempre coisas de quem não tem mais nada para fazer!! E quanto a sermos melhores que o Gato, pois tá claro que sim....vão ver em quem se inspiram esses meninos á anos!!!

Um post este ano??? Nós é que decidimos quando!!!! Secalhar isto até fecho para sempre!!!!E o teatro??? quem vos garantiu que vai haver este ano?? aliás quem vos disse k há CArnaval?? Não nos ofereçam um cachet chorudo e depois digam que vamos actuar para as Brotas!!!!

Connosco kem quiser, contra nós quem puder!!!!

Anónimo disse...

A proeza

O Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (pelos vistos, existe um Ministério da Solidariedade Social) assegurou ontem, naquele tom vitorioso que usam os treinadores de futebol de equipas dos "distritais" quando saem do Dragão, de Alvalade ou da Luz com uma derrota por menos de 3-0, que 90% dos reformados não irão perder poder de compra em 2008. E o sucesso, diz o Governo, é ainda maior, isso acontecerá pelo segundo ano consecutivo. O solidário Ministério chegou a essa conclusão fazendo contas aos aumentos das pensões inferiores a 611 euros (90% dos reformados vivem com menos, a grande maioria com muito menos, de 611 euros), que serão iguais à inflação "prevista" para 2007. O problema – há sempre um problema neste género de contas – é que, com tais aumentos, os reformados irão comprar o pão (que vai subir 30%), o leite (12%), pagar a electricidade e o gás (3,6%), os transportes (3,9%), e por aí fora, que a procissão ainda vai no adro, em 2008, e não em 2007. Ora se passarão a comprar menos coisas com mais dinheiro, como é que os reformados (ó suave milagre da economia e da propaganda) não perdem poder de compra? E, mesmo se fosse verdade: era uma proeza assim tão grande o Governo ter conseguido que eles ficassem tão pobres como eram?

Manuel António Pina
in Jornal de Notícias

Anónimo disse...

Tal tá a moenga êih! Atão na querem lá ver que vão fechar a baiuca! Na façam isso ca gente fica sem ter com ks entreter.
Assina Mozart o alentjano.

Sarrafo disse...

Na zona de diz: Seleccionar uma identidade, existe uma parte que diz "Alcunha"....os ditos anonimos podem la colocar o nome deles,fica mais engraçado ver la os vossos nomes,sabendo nos ja quem sao.


P.S:Nao façam "copy/Past" para os post,um gajo demora mt tempo a ler as coisas

Mozart o alantjano disse...

O recado na ei pro alantjano! É quesse xcravinha poco, ta-se mesmo a ver. boa note.Mozart o alantjano.